O que acontece em uma semana missionária

O que acontece em uma semana missionária

A cidade de São Luiz Gonzaga localizada no noroeste do Rio Grande do Sul, é uma das cidades históricas mais relevantes quando tratamos das ruínas e manutenção da história das missões jesuíticas no Brasil.

Desenvolvida dentro dessa relação íntima e fortemente ligada ao contexto religioso, a cidade mantém sua população e suas raízes cristãs católicas bem fortes. Com isso, o turismo religioso, visitações à suas igrejas e espaços onde antigamente foram utilizados nas missões jesuíticas, é muito grande e continua em crescimento, sendo muito importante também para economia da cidade.

Semana Missionária

Anualmente, a cidade de São Luiz Gonzaga organiza a sua Semana Missionária. É um dos principais (se não o principal) eventos do calendário de eventos da cidade.

Organizada por sua comunidade católica, com a participação de toda a liderança religiosa local, utilizando-se das dependências da Catedral da cidade e também sendo apoiados pela prefeitura, a celebração é organizada ao longo do ano para que a semana seja um evento inesquecível para qualquer pessoa que esteja participando.

Um grande número de atividades e atrações são fechadas e estão presentes na sua programação. Geralmente os acontecimentos começam com uma missa de abertura, realizada na Catedral de São Luiz Gonzaga. Depois segue com palestras de temas variados, missas voltadas para alguns temas específicos, renovação de votos e batismal, confissões, café-da manhã entre a igreja e seus fiéis, leitura da bíblia em grupos de estudos, chá de confraternização, oração de Angelus, procissões luminosas, visitação às casas dos habitantes, distribuição de terços e várias outras atividades que duram o dia inteiro.

Por fim, as atividades são encerradas por uma bela procissão que percorre vários pontos da cidade e aonde vários fiéis moradores da localidade e de outras cidades, estados e até países vizinhos, se fazem presentes com toda sua fé e adoração.

Saiba o que é e o que acontece em uma semana missionária.

Confraternização e festividade

É notório que o clima na cidade muda ao chegar o período da semana missionária. A festividade mais aguardada e planejada por todos, é saboreada a cada momento por todos presentes no local.

A pequena cidade recebe visitantes vindos de várias cantos distintos, desde cidades vizinhos e até de estados distantes do país. Apesar de por uma semana a cidade mudar seu ritmo e seus costumes cotidianos, uma coisa ela não deixa de fazer: o forte apego à fé religiosa e o abraço afetuoso em seus visitantes.

Portanto, se você tiver a oportunidade de ir visitar esse local pequeno no interior do Rio Grande do Sul, não perca tempo, com certeza seu turismo será inesquecível e os pontos de visitação da cidadezinha irão lhe deixar encantado.

Tudo sobre a cidade de São Luiz Gonzaga

Tudo sobre a cidade de São Luiz Gonzaga

Apesar do Brasil ser um país que historicamente não trata com muito carinho e afeto suas lembranças históricas. Ainda existem muitos cantos espalhados em várias regiões que mantém seus traços, acontecimentos, prédios históricos,etc. Dentre esses cantos, na região Sul, podemos destacar a cidade de São Luiz Gonzaga, localizada no noroeste do estado do Rio Grande do Sul.

O começo da história de São Luiz Gonzaga

A cidade foi criada, assim como várias outras, por padres jesuítas que se encontravam nas missões de catequizarem os índios, nativos das terras brasileiras. Ela surgiu com o nome de São Luiz das Missões, batizada pelo seu criado, padre Miguel Fernandes e só depois recebeu o nome que perdura até os dias atuais.

Essas missões se tornaram gigantescas e durante mais de dois séculos, praticamente, passaram a abarcar as regiões vizinhas, chegando a atingir locais que hoje se encontram dentro de território dos países vizinhos.

Descubra o que fazer em São Luiz Gonzaga.

Cultura religiosa

Dado seu histórico e o desenvolvimento baseado nos conceitos dos jesuítas, a força religiosa na cidade ainda é muito forte hoje em dia. Muito da cultura local, tradições, datas festivas e até o turismo religioso, é fruto dessa ligação da cidade com os ensinamentos jesuíticos e da religião católica no geral.

Assim, a cidade é uma das mais conhecidas para o turismo religioso no Estado, sendo muito famosa e visitada por vários turistas, admiradores e curiosos que desejam percorrer os pontos turísticos de suas ruas. Entre eles: a Igreja Matriz Católica, onde várias esculturas santas, produzidas pelos índios da época, se encontram. As ruínas de São Lourenço Mártir, um conjunto de ruínas de obras realizadas no ano de 1690 e conservadas para visitação, atualmente.

Além desses locais, outros locais muito visitados são a Gruta Nossa Senhora de Lourdes, o monumento ao Payador Jayme Caetano Braun e a estátua de Sepé Tiaraju São-luisense e Missioneiro.

Conheça mais sobre a cidade religiosa São Luiz Gonzaga.

Economia baseada em produtos agrícolas

Além do turismo de sua instigante história, apelo religioso e ruínas, a economia de São Luiz Gonzaga recebe grandes incentivos do setor agrícola e pecuário do local.

Por ter muitas terras, boa geografia e condições climáticas para o plantio, os fazendeiros e camponeses nativos, exploram bastante o cultivo de trigo, soja, uva, laranja, tangerina e muitas outras opções de frutos e legumes, principalmente. Assim como esses produtos, muitos fazendeiros também vislumbram no plantio e trabalho de reflorestamento das próprias árvores para “produzir” madeira e celulose.

Na pecuária, a criação de gado é a maior fatia entre as criações, mas os locais também investem na suinocultura e granjeira.

E é claro, para quem estiver aprendendo a dirigir, aqui vai nossa dica de auto escola.